Drenagem Linfática

A drenagem linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o. O sistema linfático é formado por uma grande rede de vasos, distribuídos por todo o corpo, coletando os líquidos dispersos, filtrando e direcionando-os para circulação sanguínea. O mecanismo ajuda a bombear os gânglios, fazendo que as toxinas circulem com maior facilidade. A principal função é acelerar o processo de retirada de líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos, através de movimentos específicos, direcionando para que sejam eliminados por meio dos vasos capilares.

massagem Terapêutica

Esse procedimento também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunológico, a ação anti-inflamatória do organismo, e ainda, combate a celulite e melhora o contorno corporal. Pode ser uma grande aliada contra a retenção de líquidos em mulheres grávidas, bem como, contra os sintomas de TPM. Além disso, a drenagem linfática tem ação tranquilizante e relaxante, dando sensação de bem-estar. Também é indicada após algumas cirurgias, tais como, a lipoaspiração, já que geralmente ocorre edemas que precisam ser tratados, ocasionando uma recuperação mais rápida e com menos incômodo físico.

drenagem linfática.jpg

A drenagem linfática pode ser manual ou mecânica. Por ser uma técnica de massagem específica, a manual deve ser realizada por profissionais devidamente habilitados. Trata-se de uma técnica composta por manobras suaves, lentas, monótonas e rítmicas feita com as mãos, que devem obedecer ao trajeto do sistema linfático. Ela tem por objetivo a redução de edemas e linfedemas (que surgem em situações pós-traumáticas, pós-operatórias, de distúrbios circulatórios venosos e linfáticos de diversas naturezas, dentre outras).

A drenagem mecânica tem os mesmos objetivos da linfática manual e une a tecnologia aos conhecimentos de quem trabalha com o aparelho. É vista como um método não invasivo, utilizando sobre a pele aparelhos específicos que funcionam por meio de rolamento, sucção e/ou pressoterapia com o objetivo de auxiliar a diminuição do edema. Portanto, visa resultados mais potencializados por conta de equipamentos específicos voltados para esse tipo de drenagem.

drenagem linfática mecânica.jpg

Quantas sessões são necessárias?


Este é um tratamento que deve ser feito de forma frequente para se obter resultados satisfatórios. A avaliação do profissional é fundamental para análise do tipo de edema e como proceder.  Para tratamento de celulite, por exemplo, o número de sessões depende de cada grau de celulite, mas tende a ser por toda a vida. A repetição regular evita que retenção de líquidos retorne. Já no pós-operatório, geralmente dez sessões são suficientes e depois não é mais necessário. No caso delinfedema, o ideal é ter sessões e manutenções frequentes.Em uma semana já se pode perceber os efeitos, porém varia de acordo com o tipo de edema, além dos hábitos, tais como, tabagismo,atividade física, o consumo excessivo de sódio e/ou a ingestão inadequada de fibras, entre outros.

 

Quais as Indicações e contraindicações? 


Indicações da drenagem linfática: tecidos edemaciados, circulação sanguínea de retorno comprometida, edema no período gestacional e tensão pré-menstrual, tratamento de pré e pós-cirurgia plástica (lipoaspiração, por exemplo), celulite, relaxamento de pessoas tensas,linfedemas, dentre outras indicações.

Dentre as contraindicações estão: infecções agudas, flebites e tromboflebites, neoplasias malignas (câncer) diagnosticadas e em atividade, insuficiência cardíacae renal, hipotensão arterial, hipertireoidismo não tratado, asma brônquica grave e não tratada e febre.

Fonte: SBD