A Depilação a laser é uma técnica de remoção de pelos desde a raiz, com efeito prolongado, podendo ser, em alguns casos, definitiva. O tratamento é indicado tanto para homens, como para mulheres, para remover pelos indesejados no rosto e corpo.  Durante o procedimento, os feixes de luz penetram nas camadas da pele, causando a destruição do folículo piloso, ou seja, a luz emitida cauteriza o pelo na raiz, matando o bulbo capilar. Em outras palavras, a energia do laser é atraída pelo pigmento melanina presente na haste do pelo e destroi ou retarda a capacidade de produzir novos fios. O LightSheer é mais comumente usado para depilação a laser, mas também pode ser eficaz para outras doenças de pele, tais como, pseudofoliculite da barba, lesões benignas pigmentadas e micro-vasos da perna.

Preocupação com o corpo

Depilação a laser: Lightsheer

Depilação a laser: procedimento e sessões

 

O procedimento deve ser feito por um especialista profissional de saúde em consultórios ou clínicas com ambiente e equipamentos adequados. O número de sessões dependerá da área tratada, da densidade dos pelos, do ciclo de crescimentoda cor da pele, além de outros. Várias sessões são necessárias, pois o laser enfraquece o folículo apenas quando o pelo está na fase de crescimento.A duração da sessão depende do tamanho da área a ser tratada podendo um buço durar 10 minutos e uma perna inteira mais de 1 hora.

 

O tratamento deve ser feito em, no mínimo, seis sessões, com intervalos que variam de 30 a 60 dias, de acordo com o local a ser depilado. Com isso, consegue-se uma redução de90% dos pelos, sendo necessárias sessões de manutenção anuais, de forma que a região tratada continue sem pelos ao longo da vida.

 

O resultado do tratamento varia de paciente para paciente, pois fatores como a cor da pele, a pigmentação e a espessura do pelo são determinantes. Alterações hormonais podem influenciar, prejudicando o resultado do tratamento ou aumentando a necessidade de sessões. Após cada sessão, a pessoa pode retomar suas atividades diárias, no entanto, sem exposição solar no local tratado.(Fonte: SBD)

 

Logo após a aplicação do laser ocorre inchaço e vermelhidão que podem durar algumas horas ou poucos dias, esses efeitos, porém, são esperados e sinalizam a eficácia do tratamento, pois representam a destruição do bulbo capilar local.A exposição ao sol no local depilado deve ser evitada e é recomendável a utilização de bloqueador solar de FPS 30 (ou mais), várias vezes ao dia.

 

Indicação da depilação a laser:

  • Pessoas que apresentem pelos encravados;

  • Hipertricose e hirsutismo (aumento de pelos em locais indesejados, como na região de barba nas mulheres);

  • Desejo de redução de pelos em determinada área.

  • Considerações: pelos grossos e escuros respondem melhor ao tratamento. Evitar o uso de laser na pele bronzeada.

(Fonte: SBD)

 

Contra-indicações da depilação a laser:

  • Durante a Gravidez;

  • Diabetes e Hipertensão não controladas;

  • Pelos muito claros ou brancos; 

  • Epilepsia;

  • Uso de medicamentos fotossensibilizantes, como a isotretinoína, nos últimos seis meses;

  • Vitiligo;

  • Doenças de pele, tais como, a psoríase (ativa);

  • Feridas abertas ou hematomas recentes no local da aplicação;

  • Durante tratamento de câncer.

Agende um horário: (31) 2510-1303.

Leia também: Depilação a laser (Light Sheer): Depilação prolongada para pelos indesejáveis